Notícias

Aproximadamente 350 inscritos estão participando da XXVIII edição da Reunião Latinoamericana de Rizobiologia, que começou hoje, dia 6 de junho, em Londrina (PR).


Promovida pela Associação Latinoamericana de Rizobiologia (ALAR), a Reunião é uma realização da Embrapa Soja e do Instituto Agronômico do Paraná (Iapar).
Participaram da solenidade de abertura: o diretor-presidente do Iapar, Florindo Dalberto, representando o secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado do Paraná, Norberto Ortigara, o chefe-geral da Embrapa Soja, José Renato Bouças Farias, o primeiro presidente do grupo fundador da ALAR, Carlos Labandera, a pesquisadora da Embrapa Soja e presidente do evento, Mariangela Hungria e o pesquisador do Iapar, Arnaldo Colozzi Filho, do Núcleo Paraná da Sociedade Brasileira de Ciências do Solo.

A sessão de abertura da Relar foi sobre Biodiversidade e Taxonomia e contou com cinco palestras sobre os estudos de biodiversidade realizados no México, no Brasil, na Argentina, no Peru e na Austrália. Um dos destaques nessa sessão foi a palestra Explorando simbioses tolerantes a estresses ambientais, proferida pelo professor Graham O´Hara, da Universidade de Murdoch, na Austrália. "As tecnologias que envolvem a microbiologia do solo tanto no Brasil quanto na Austrália são intercambiáveis", diz O'Hara. "Temos interesse nos estudos do Brasil com bactérias fixadoras do nitrogênio nas mais variadas culturas e também podemos contribuir com resultados obtidos na Austrália", explica o palestrante. O'Hara destacou estratégias utilizadas na Austrália para permitir o cultivo de leguminosas e forrageiras em condições de estresse, incluindo temperaturas elevadas, deficiências hídricas, solos ácidos e alcalinos.

Proporcionar a troca de conhecimento científico e fortalecer as parcerias entre os países do hemisfério Sul - América Latina, Caribe, África e Oceania – e justamente o tema central da Relar. "A escolha do tema foi definida pela identificação de que as parcerias Sul-Sul podem ser muito mais eficientes no tema de microrganismos destinados à agricultura do que as parcerias Norte-Sul", explica a presidente do evento, Mariangela Hungria, pesquisadora da Embrapa Soja.

Também nesta segunda-feira, esta ocorrendo a sessão Ciências "Ômicas" em que serão apresentados os resultados de estudos de genômica obtidos com plantas e microrganismos por especialistas da Argentina, Chile, Espanha, Uruguai e México.

Tema do evento - As vantagens econômicas e os benefícios ambientais dos microrganismos usados na fixação biológica do nitrogênio irão permear todas as discussões da Relar. "O debate envolve desde pesquisa básica, como por exemplo, entender e até melhorar a ação dos microrganismos nas plantas, assim o trabalho das instituições de pesquisa e o papel da indústria que é responsável por fazer chegar esses produtos até os agricultores", diz a pesquisadora da Embrapa Soja e presidente do evento, Mariangela Hungria.

Para as gramíneas, como é o caso do milho, trigo, arroz, cana-de-açúcar, as bactérias promotoras do crescimento de plantas (BPCP) vêm sendo cada vez mais utilizadas. "Essas bactérias atuam por uma série de mecanismos, sendo um dos principais a produção de hormônios do crescimento de plantas, que resultam em maior produção de raízes, parte aérea e produção de grãos", diz a pesquisadora.

A Relar é também uma oportunidade, segundo Arnaldo Colozzi, do Iapar, para entender como os agricultores usam os produtos biológicos, quais produtores poderiam adotar a tecnologia, porque não estão usando e ainda como transferir essas tecnologias.

O programa da XXVII Relar conta com 40 palestras, de representantes de 14 países da América do Sul, Central, Europa, África e Austrália. A ampla programação técnica inclui resultados de pesquisas em ciência básica e também envolve discussões de tecnologias aplicadas e produtos comerciais que já fazem parte do dia a dia dos agricultores. Outro ponto alto do evento e a sessão de apresentação de 164 trabalhos científicos de participantes de diversos países, no formato de pôsteres.

Lançamento de livro - Também está sendo lançado o livro de metodologias Working with Rhizobia (Trabalhando com Rizóbios), editado por J.G.Howieson e M. J. Dilworth. A publicação detalha as principais metodologias para permitir aos cientistas desenvolver trabalhos com bactérias fixadoras do nitrogênio. O livro conta com estudos de pesquisadores brasileiros, com destaque para a contribuição da Embrapa Soja. A publicação esta disponível para download gratuito (aciar.gov.au).

Informações no site do evento: http://www.relar2016.com/pt/

SERVIÇO

Evento 1: XXVII Reunião Latinoamericana de Rizobiologia (Relar)
Data: 06 a 09 de junho
Local: Hotel Sumatra, em Londrina (PR).
Lebna Landgraf (MTb 2903-PR)
Embrapa Soja
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Telefone: 43-3371-6061

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)
www.embrapa.br/fale-conosco/sac/

vrsys